Tipos de varizes

11 de outubro de 2018

Tipos de varizes

Você faz parte do clube que vive escondendo as pernas por vergonha dos vasinhos roxos que surgem nessa região? Pois acredite: você não está sozinho! Estudos afirmam que um número aproximado de 30 a 40 milhões de brasileiros sofrem do mesmo problema. As microvarizes ou telangiectasias são incômodos estéticos que podem, ainda, sinalizar sobre a saúde do seu sistema circulatório.

As microvarizes são versões “menores” das varizes. Chamadas pela medicina de telangiectasias, as microvarizes são pequenos vasinhos (de no máximo 1 milímetro de diâmetro) que aparecem na região das pernas e possuem uma coloração violácea. Embora sejam discretas, as telangiectasias são perceptíveis a olho nu e quase sempre estão associadas às veias reticulares (as de cores verde ou azulada) em estado de dilatação. 

As causas por trás do aparecimento das microvarizes ainda não são conhecidas com exatidão, mas a comunidade médica já foi capaz de detectar alguns fatores de risco, como predisposição genética, descontrole hormonal, gestação, sedentarismo, exposição à altas temperaturas e o uso da pílula anticoncepcional.

Ah, e vale ter em mente que essa condição não é puramente estética, afinal, as telangiectasias representam uma classe mais branda da insuficiência venosa – os fatores que levam à formação das microvarizes, por exemplo, também geram as varizes, que são lesões que podem estar associadas a flebites, tromboses e embolias pulmonares.

É claro que, como todas as condições dermatológicas, é melhor prevenir do que remediar! Por isso, procure afastar os fatores de risco, mantendo seu corpo saudável com a prática de exercícios físicos e uma alimentação balanceada. Outras dicas que podem te salvar: evitar manter a mesma posição por muito tempo, ambientes muito quentes e descansar as pernas para cima ao final de dias exaustivos.

Mas, se você tem predisposição genética ou já vacilou com a sua saúde, fique tranquilo. Ainda há tempo! O tratamento mais eficaz para as microvarizes é a escleroterapia, conhecida como “aplicação” ou a “queima” de vasinhos. Trata-se, na realidade, de um procedimento realizado para a terapia de vasos sanguíneos dilatados ou malformações, ou seja, varizes nos mais diversos tamanhos.

Consulte um especialista e saiba mais sobre a escleroterapia!

Venha conhecer a clinica e o melhor tratamento lhe será indicado.

Tratamentos Corporais , , ,
WhatsApp | Dra. Angélica Pacheco - Dermatologia Estética
WhatsApp
close-image