Escleroterapia: conheça o tratamento para microvarizes

16 de maio de 2017

Escleroterapia: conheça o tratamento para microvarizes

As microvarizes são pequenos vasos sanguíneos que aparecem normalmente nas pernas destacando linhas em tons arroxeados e avermelhados. Mesmo que não apresentem sintomas, esteticamente incomodam muitas pessoas. A escleroterapia é o tratamento utilizado nesses casos e é conhecida popularmente como “secagem dos vasinhos” ou mesmo como “aplicação”.

Como microvarizes surgem?

Não se sabe exatamente o que causa as microvarizes. Existem indícios de predisposição genética e sabe-se que acomete mais mulheres do que homens. Outros fatores como obesidade, uso de hormônios femininos, gravidez, ficar longos períodos de tempo em pé ou sentado com as pernas cruzadas também podem predispor o surgimento de microvarizes.

Atividade físicas, alimentação saudável e controle do peso podem apresentar benefícios na prevenção de microvarizes.

Qual a diferença entre telangiectasias, microvarizes e varizes?

Esses termos nomeiam os mesmos sinais na pele, mas em diferentes proporções. Telangiectasias, também chamadas de vasinhos ou varicoses, são marcas menores com cerca de 1 milímetro (mm) de diâmetro. Já microvarizes possuem entre 2 e 5 mm, aparecendo mais frequentemente na parte oposta do joelho, na coxa e na lateral da perna.

As varizes são as veias dilatadas, alongadas e tortuosas, que aparecem como relevo na pele. Esse é o tipo que mais demanda preocupação, sendo necessário um tratamento mais complexo, muitas vezes cirúrgico.

Saiba como funciona a Escleroterapia

O procedimento estético utilizado para telangiectasias e microvarizes é a escleroterapia. Esse tratamento consiste em fazer aplicações de uma substância, chamada de esclerosante, em cada vasinho visível.

Essa substância injetada provoca uma irritação nas paredes internas desses vasos, provocando um processo inflamatório para fechar e não permitir a circulação de sangue. Após as aplicações, os vasos tratados tendem a serem absorvidos pelo organismo e somem.

Cada caso deve ser avaliado para verificar as condições do paciente e a quantidade de vasos. Assim será possível indicar a quantidade de aplicações e sessões necessárias. Ainda tem mais alguma dúvida sobre o tratamento? Deixe seu comentário!

Venha conhecer a clinica e o melhor tratamento lhe será indicado.

Tratamentos Corporais , , ,
WhatsApp | Dra. Angélica Pacheco - Dermatologia Estética
WhatsApp
close-image