Microagulhamento para estrias com Dermaroller

17 de maio de 2019

Microagulhamento para estrias com Dermaroller

Você já ouviu falar do microagulhamento para estrias utilizando o Dermaroller? Esse é um procedimento estético que vem conquistando cada vez mais adeptos no Brasil e não é por acaso.

Através dele, é possível melhorar o aspecto da pele na região acometida e tratar as lesões que já existem. Saiba mais sobre esse tratamento nesse post!

O que são estrias?

As estrias nada mais são do que marcas que surgem por conta do estiramento da pele em um curto espaço de tempo. Por conta disso, são extremamente comuns em adolescentes, gestantes e pessoas obesas.

Elas surgem devido às rupturas na estrutura elástica da pele causadas pelo esticamento abrupto da região. No início elas são avermelhadas, mas posteriormente perdem essa coloração tornando-se brancas.

Infelizmente é preciso dizer que as estrias não tem cura. Mas é possível diminuir a largura e o tamanho das lesões e melhorar a flacidez que geralmente aparece  na região acometida.

Como funciona o microagulhamento para estrias?

O microagulhamento provoca uma inflamação na região tratada estimulando a produção de colágeno e consequente reposição do “tecido perdido”.

O Dermaroller possui minúsculas agulhas que deixam pequenos furos na pele, estimulando assim a produção de colágeno e elastina. São essas duas substâncias as responsáveis pela elasticidade, firmeza e saúde da pele.

Por isso, o Dermaroller é utilizado não apenas para o tratamento das estrias, mas também no tratamento de rugas e cicatrizes.

O microagulhamento para estrias é feito em clínicas especializadas, dentro de um ambiente totalmente adequado e seguro. É aplicado um anestésico tópico na área que será tratada. Isso é feito 30 minutos antes do procedimento.

É normal que durante o procedimento haja um pequeno sangramento decorrente da lesão provocada na pele, mas no dia seguinte, após o tratamento, ficará visível apenas um eritema (vermelhidão) na região tratada que em 2 ou 3 dias já desaparecerá.

Quantidade de sessões e tempo de recuperação

A quantidade de sessões de microagulhamento para estrias vai depender do quadro clínico de cada paciente.

Uma coisa importante sobre esse procedimento é o tempo de recuperação. É necessário esperar pelo menos um mês entre um procedimento e outro. Esse é o tempo necessário para que a pele possa resolver o processo inflamatório causado e que novas fibras de colágeno possam ser formadas.

Outro detalhe muito importante é que o processo deve ser feito, obrigatoriamente, em uma clínica especializada, por conta da necessidade de um ambiente esterilizado. Como ocorrem microperfurações na pele, os riscos de contaminações ou infecções aumentam. Logo, nunca tente fazer esse procedimento sozinha em casa ou em locais não especializados.

O microagulhamento para estrias com Dermaroller pode ser uma excelente alternativa para quem está em busca de uma pele linda, firme e saudável. Por isso, não deixe de agendar sua avaliação agora mesmo e tenha todas suas dúvidas respondidas sobre e esse ou qualquer outro procedimento com a Dra. Angélica Pacheco!

Venha conhecer a clinica e o melhor tratamento lhe será indicado.

Tratamentos Corporais , ,
WhatsApp | Dra. Angélica Pacheco - Dermatologia Estética
WhatsApp
close-image