Mitos e verdades sobre a celulite

2 de maio de 2018

Mitos e verdades sobre a celulite

A celulite é um depósito de gordura sob a pele que a deixa um aspecto ondulado, cheio de “furinhos”, conhecida pelo efeito “casca de laranja”. As principais partes do corpo afetadas pela celulite são as coxas, os quadris, o bumbum e a barriga.

Sua origem pode estar associada a diversos fatores. Por isso, é comum que a população espalhe muitas informações a respeito da celulite, mas nem todas estão corretas. Conheça algumas afirmações comuns e descubra o que é mito e o que é verdade.

 Mulheres têm mais celulite que homens

Verdade. Cerca de 95% das mulheres são afetadas pela celulite. Todas as etnias, após a puberdade, podem ter essas marquinhas. No entanto, é mais comum em mulheres de pele branca.

Bebidas com gás, como refrigerantes, provocam celulite

Mito. O problema não é ser uma bebida gaseificada. A questão é a alta concentração de açúcar e calorias. Refrigerantes colaboram para que a pessoa engorde e apresente gordura localizada. No entanto, as versões “light” ou “zero calorias” também não são a solução: elas possuem uma concentração de sódio muito maior, também favorecendo a retenção de líquido. Dessa forma, a água gaseificada, por si só, não possui relação com o surgimento de celulites.

Alimentação saudável e exercícios físicos ajudam a prevenir e a amenizar a celulite

Verdade. Esses hábitos são fundamentais para o bom funcionamento do nosso corpo como um todo. É muito importante manter uma alimentação balanceada e estar sempre se hidratando. A atividade física pode ajudar a tonificar o corpo e aumenta a circulação sanguínea no corpo, principalmente nas áreas mais afetadas pela celulite.

Apenas quem está acima do peso têm celulite

Mito. A celulite não está sempre associada à obesidade. Mulheres magras também podem apresentar celulite, no entanto, o sobrepeso piora o aspecto da celulite, já que as camadas de gordura comprimem os vasos sanguíneos e linfáticos, causando maior inchaço e fibrose nas partes do corpo que acumulam mais gordura.

Tratamentos estéticos ajudam a amenizar a celulite

Verdade. A radiofrequência, por exemplo, ajuda a melhorar o aspecto da área do corpo com celulite e reduz as toxinas acumuladas na pele, refletindo na aparência geral da pele. Além disso, estimula a produção de fibras de colágeno, dando mais sustentação à pele. O tratamento, aliado a hábitos de vida mais saudáveis, melhora consideravelmente os sinais da celulite na pele.

Faça uma avaliação com um profissional capacitado, pois assim será possível analisar qual o grau da sua celulite e iniciar o tratamento mais adequado. Possui mais dúvidas sobre o tratamento da celulite? Deixe seu comentário!

Venha conhecer a clinica e o melhor tratamento lhe será indicado.

Tratamentos Corporais ,
WhatsApp | Dra. Angélica Pacheco - Dermatologia Estética
WhatsApp
close-image