O que são os sulcos faciais? Conheça os tratamentos!

22 de setembro de 2020

O que são os sulcos faciais? Conheça os tratamentos!

É natural que, com o passar do tempo, algumas marcas de expressão facial fiquem evidentes e formem os sulcos faciais. Uma alteração comum no rosto é o “bigode chinês”, aquele sulco que aparece desde a lateral do nariz até o lábio.

O que são os sulcos faciais?

Os sulcos faciais são depressões ou ranhuras que aparecem no rosto por diversos fatores:

  • Perda de peso;
  • Envelhecimento;
  • Características genéticas.

A causa mais comum do aparecimento dos sulcos é o envelhecimento. Conforme o tempo passa, ocorre uma perda progressiva de colágeno, um relaxamento dos músculos do rosto e assim, o deslocamento do tecido gorduroso que preenche o rosto. Tais fatores levam à flacidez da pele, fazendo com que essas fendas faciais ficam mais evidentes.

É comum que essas marcas comecem a aparecer a partir dos 30 anos, por isso é importante cuidar o quanto antes da pele do rosto.  Conheça os tipos de sulcos faciais, e saiba quais os cuidados e tratamentos que você pode usar.

Tipos de sulcos faciais

Sulco nasogeniano

Esse sulco é o famoso “bigode chinês”. Ele é uma consequência de contração muscular e do envelhecimento. Sua aparição pode ser notada desde a infância mas, com o passar do tempo, vai mudando suas características. São marcas muito comuns, pois são formados a partir das rugas de expressão, decorrentes do sorriso.

Sulco infrapalpebral

Esse sulco é popularmente conhecido como “prega da olheira” e é caracterizado por ranhuras na parte superior da pálpebra. Geralmente, essas marcas aparecem por volta dos 30 anos e deixam a face com aspecto “cansado”.

Sulco labiomentoniano

Conhecido popularmente como “marca de marionete”, o sulco labiomentoniano, caracteriza-se por uma linha que estende dos cantos da boca até o queixo.

Linhas periorais

Também conhecidas como “código de barras”, as rugas periorais são várias linhas que se formam em volta dos lábios ao longo do tempo.

Cuidados para evitar os sulcos faciais

Agora que você já conhece os tipos de sulcos faciais é hora de saber como cuidar! Como já dito, a alteração de peso favorece o aparecimento das marcas de expressão, por isso é importante controlar a alimentação e praticar exercícios físicos.

Além disso, a exposição ao sol, de forma excessiva, degenera e fragmenta as fibras de colágeno. Consequentemente, a pele perde sustentação, potencializando assim, o aparecimento dessas fendas na face. Por isso, utilize o protetor solar e evite exposição solar.

Tratamento dos sulcos faciais

Um dos tratamentos mais utilizados na redução dos sulcos faciais é o preenchimento. Nesse procedimento são usadas substâncias com características especiais para preencher e dar volume a regiões com depressões ou irregularidades.

Uma dessas substâncias é o ácido hialurônico. O procedimento leva em média 40 a 60 minutos, cada sessão, e provoca apenas um pequeno desconforto. Após a realização, não há necessidade de se afastar das atividades diárias.

Quer saber mais sobre sulcos faciais e preenchimento? Entre em contato e agende já uma consulta!

Venha conhecer a clinica e o melhor tratamento lhe será indicado.

Tratamentos Faciais , ,
WhatsApp | Dra. Angélica Pacheco - Dermatologia Estética
WhatsApp
close-image