Conheça a Luz Intensa Pulsada

7 de julho de 2020

Conheça a Luz Intensa Pulsada

A Luz Intensa Pulsada (LIP) é um dos procedimentos estéticos mais versáteis do mercado. Ela consiste em uma tecnologia que emite feixes de luz diversos (policromáticos e não colimados) em várias direções.

Gerada por um aparelho específico que produz calor na pele, a LIP é capaz de atingir três diferentes alvos: a melanina, os vasos sanguíneos e o colágeno.

A diferença entre a Luz Intensa Pulsada e o Laser CO2 Fracionado

Assim como o Laser, a LIP é uma fonte de energia luminosa não ablativa (geram calor na pele sem provocar alterações em sua continuidade). Mas, diferentemente do Laser CO2 Fracionado, ela apresenta diversos comprimentos de onda. Nesse sentido, o Laser é mais específico, pois acaba agindo exatamente no ponto desejado, enquanto a Luz Intensa Pulsada é inespecífica, pois aborda diferentes alterações numa mesma aplicação.

Possíveis tratamentos com a LIP

O uso da Luz Pulsada possibilita o tratamento de várias lesões causadas pelo fotoenvelhecimento, bem como a remoção de pelos indesejados, acne, rosácea e telangiectasias. O que permite esse uso diversificado é a amplitude de comprimento das ondas de luz, que atingem diferentes profundidades da pele.

O procedimento utilizando a Luz Intensa Pulsada pode gerar uma certa dor e desconforto – entretanto, os incômodos são diminutos em relação aos benefícios proporcionados pelo tratamento, que deve ser realizado exclusivamente por médicos.

Quantas sessões de Luz Intensa Pulsada são necessárias?

O número de sessões dependerá do alvo dos tratamentos e das condições individuais do paciente. De maneira geral, os resultados no tratamento de manchas, sardas e vasos sanguíneos já são aparentes após uma média de três sessões. Já o tratamento de condições como a flacidez pode demandar mais tempo, uma vez que é preciso estimular a produção de colágeno. Os intervalos entre sessões são de aproximadamente 30 dias.

Cuidados importantes

Para manter os resultados do tratamento com a LIP e evitar o aparecimento de possíveis efeitos colaterais, evitar exposição solar e investir na fotoproteção devem aparecer entre os principais cuidados pós-procedimento.

É válido ressaltar que gestantes, pacientes diagnosticados com vitiligo ou outras doenças auto-imunes, infecções ativas nos locais de tratamento ou em uso de medicações que aumentem a fotossensibilidade devem evitar o tratamento com Luz Intensa Pulsada.

Procure um especialista e saiba como esse procedimento pode contribuir para a saúde da sua pele!

Venha conhecer a clinica e o melhor tratamento lhe será indicado.

Dermatologia Estética, Tratamentos Corporais, Tratamentos Faciais , , , , ,
WhatsApp | Dra. Angélica Pacheco - Dermatologia Estética
WhatsApp
close-image